MENSAGEM DO DIA

Seja um seguidor(a)

Google+ Followers

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Estudos Bíblicos - Nocauteando o Inimigo

As lutas marciais têm ganhado destaque nos últimos tempos. Parece que os espectadores sentem necessidade de ver o inimigo ser derrotado, canalizando sua vontade de lutar e vencer para as cenas assistidas no combate. Esta é uma grande ilusão e um desvio de comportamento que só gera ira e violência, que são obras da carne (Gálatas 5.19-20).

Na verdade, vivemos grandes batalhas em nosso dia a dia. Porém a“nossa luta não é contra o sangue e a carne” (Efésios 6.12). Precisamos aprender a lutar como Jesus que não combateu as pessoas e sim ao verdadeiro inimigo espiritual. Quando foram prender Jesus no jardim do Getsêmani, com apenas uma palavra “Eu Sou”, que lembra o IHWH ou Jeová (Êxodo 3.14), os soldados caíram em terra como que nocauteados fortemente. Isso mostra o poder de Jesus para derrubar todo mal, bem como seu amor em se entregar por nós.

Vamos utilizar a sigla UFC (é a sigla de Ultimate Fighting Championship, uma organização americana de artes marciais mistas ou MMA - Mixed Martial Arts) para descrever três coisas que derrubam o inimigo:

UNIÃO -  
A primeira coisa que derruba o inimigo é a união.
“Judas, o traidor, também conhecia aquele lugar, porque Jesus ali estivera muitas vezes com seus discípulos” (João 18.2).

Jesus sempre estava junto com seus discípulos. Sua união com eles era tão intensa que Judas precisou usar um beijo com código para mostrar quem era Jesus (Lucas 22.47-48), de tão parecido que estava com seus seguidores.

O diabo luta para enfraquecer uma família e a igreja, lançando confusão para ficarem divididos. Desta forma não têm condições de lutar juntos porque estão na carne (Gálatas 5.19). Então é preciso ter muita vigilância e discernimento.

Quando uma família é unida, consegue alcançar seu objetivo com maior facilidade. O mesmo se aplica à igreja, porque “se um reino estiver dividido contra si mesmo, tal reino não pode subsistir” (Marcos 3.24). Por isso Jesus orou pelos seus discípulos pedindo que “sejam um ... para que o mundo creia” (João 17.21). A união derruba o inimigo!

FIDELIDADE -  
A segunda coisa que derruba o inimigo é a fidelidade.
“Sabendo, pois, Jesus todas as coisas que sobre ele haviam de vir, adiantou-se e perguntou-lhes: A quem buscais?” “para se cumprir a palavra que dissera: Não perdi nenhum dos que me deste” (João 18.4-9).

Jesus não se preocupava muito com o que estava acontecendo porque conhecia a fidelidade de Deus em cumprir suas promessas. Também tinha certeza que havia sido fiel até o fim e teria recompensa por isso.

A fidelidade de Deus é infalível porque “se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo”(II Timóteo 2.13). Contudo, Deus só age com Sua fidelidade a nosso favor quando também somos fiéis para com Ele (Salmos 18.25,26) e Deus garante nos honrar.

A fidelidade traz força para derrotar o inimigo, mas “quem é fiel no pouco também é fiel no muito; e quem é injusto no pouco também é injusto no muito” (Lucas 16.10). Se não formos fiéis até nas pequenas coisas, perdemos forças e o inimigo se fortalece contra nós.
Um cristão fiel é como uma rocha que não se abala facilmente (Salmos 125.1). Já a pessoa infiel é como o homem que construiu sua casa na areia e foi derrubada pela primeira tempestade (Marcos 7.24-27). 
Com a fidelidade o inimigo será derrotado!

CARÁTER -  A terceira coisa que derrota o inimigo é o caráter.
“Jesus disse a Pedro: Mete a espada na bainha; não beberei, porventura, o cálice que o Pai me deu?” (João 18.11).

Pedro era impulsivo e tinha um caráter defensivo não aceitando afrontas. Jesus mostrou sua personalidade divina e autocontrole para ensinar que não adianta brigar ou defender a reputação diante de um inimigo desleal. A atitude de Jesus foi se entregar confiando na justiça de Deus porque sabia quem ele era e o propósito Divino para sua vida.

O nosso inimigo é “mentiroso e pai da mentira” (João 8.44) e suas estratégias de luta são desonestas. Por isso o que o diabo quer é que o cristão deixe sua posição de obediência e passe a lutar de maneira carnal, então devemos “resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tiago 4.7). O diabo sabe que já foi derrotado na cruz e será exterminado no julgamento final, mas seu desejo é lutar contra vidas para causar o maior prejuízo de almas possível.

Quando o cristão tem o caráter de Cristo, o inimigo percebe que é semelhante a Jesus e cai por terra. Não se preocupe com o que estão falando ou fazendo contra você. Cuide de sua vida, como o apóstolo Paulo sempre orientava ao jovem Timóteo diante das circunstâncias, dizendo “tu porém” (II Timóteo 6.10,14 e 4.5). Não se rebaixe ao nível que o inimigo quer te humilhar, mas creia que “o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a Satanás” (Romanos 16.20).
O caráter cristão lança por terra o inimigo!Derrube o inimigo de uma vez por todas!

CONCLUSÃO: Toda vez que o diabo se levantar contra sua vida ele deve ser derrotado.
Muitas vezes estamos como os discípulos no jardim orando com Jesus e o inimigo vem com beijos e ataques contra nossas vidas. Mas com apenas uma palavra de Deus, o diabo cai por terra. Então procure manter a unidade com os irmãos, seja fiel em tudo e procure ter um caráter cristão. Derrube todo mal em sua vida!


Fonte: Significados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES