MENSAGEM DO DIA

Seja um seguidor(a)

Google+ Followers

domingo, 26 de abril de 2015

As Religiões Dos Famosos - Parte 59

CAMILA PITANGA
É uma atriz e ex-modelo brasileira.É filha do ator Antônio Pitanga e da atriz Vera Manhães e irmã do ator Rocco Pitanga.Foi figurante do filme "Quilombo", de Cacá Diegues, com apenas seis anos. Aos 11 anos foi uma das assistentes de palco da apresentadora Angélica, no programa "Clube da Criança", da extinta TV Manchete.A estreia aconteceu em "Sex Appeal", minissérie que ainda revelou outros nomes, como Carolina Dieckmann. Recebeu, logo depois, um convite para participar da novela "Fera Ferida". Em 2000, viveu a índia Catarina Paraguaçu, da microssérie "A Invenção do Brasil". Foi uma das protagonistas da série "Garotas do Programa", ao lado de Drica Moraes, Marília Pêra, Zezé Polessa, Betty Goffman, Mariana Hein. Interpretou a médica Luciana, de "Mulheres Apaixonadas", que fazia par romântico com o personagem de Rodrigo Santoro. Um grande sucesso da atriz foi a prostituta Bebel, de "Paraíso Tropical", ao lado de Wagner Moura. A atriz ganhou vários prêmios por sua atuação e é um marco na carreira de Camila Pitanga. Em 2011, participou da novela "Insensato Coração", interpretando a Carol, que fazia par romântico com o personagem de Lázaro Ramos, André Gurgel, e com Raul, interpretado por Antônio Fagundes. Em 2001, casou-se com o diretor de arte Cláudio Amaral Peixoto. Em 19 de maio de 2008, deu à luz a Antônia, a primeira filha do casal, o nome da menina foi uma homenagem ao seu pai. Em 2011, após 11 anos de relacionamento, ocorreu a separação do casal.Em 2015, interpretou a protagonista Regina da novela Babilônia de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga. Em 2016 é cotada para interpretar Maria Tereza , na novela das 21 horas, Velho Chico de Benedito Ruy Barbosa. Sendo sua segunda Protagonista do horário nobre. Camila Pitanga é declaradamente Atéia, ou seja, não acredita em Deus. “Acho que Deus é uma ficção. O homem tem essa necessidade de se projetar numa coisa universal”.

FERNANDA MONTENEGRO
É uma atriz brasileira de teatro, cinema e televisão. Fernanda começou sua carreira aos 15 anos, como redatora, locutora e radioatriz da Rádio MEC. Seu primeiro trabalho no teatro foi aos oito anos, em uma peça na igreja de seu bairro. Sua estreia profissional aconteceu em dezembro de 1950, na peça "3.200 Metros de Altitude", ao lado de Fernando Torres que, além de companheiro de profissão, se tornou seu marido.Na Tupi, a atriz participou de cerca de 80 peças exibidas nos programas "Retrospectiva do Teatro Universal" e "Retrospectiva do Teatro Brasileiro", no decorrer de dois anos.Em 1954, Fernanda se mudou para São Paulo com Fernando Torres e lá o casal formou sua própria companhia, o Teatro dos Sete com Sergio Britto, Ítalo Rossi, Gianni Ratto, Luciana Petruccelli e Alfredo Souto de Almeida. A estreia do grupo aconteceu em dezembro de 1959, com a peça "O Mambembe", no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. De volta ao Rio, a atriz voltou para a Tupi e atuou em mais de 160 peças do Grande Teatro Tupi, de 1956 a 1965. Foi na TV Rio que fez sua estreia nas novelas, em 1963, em "Pouco Amor Não é Amor". Em 1965, participou do programa "4 no Teatro" (1965), na recém criada TV Globo. No ano seguinte, atuou na novela "Calúnia", na Tupi. Em 1967, fez sua estreia na TV Excelsior na novela "Redenção". A trama teve 596 capítulos e se tornou um marco na história da televisão brasileira. A atriz ficou na Excelsior durante três anos e depois se afastou da televisão por nove anos. Durante esses anos, ela atuou em apenas dois trabalhos: no teleteatro "A Cotovia" (1971), da Tupi, e num "Caso Especial da TV Globo, Medéia" (1973). Sua volta à TV foi em "Cara a Cara" (1979), na TV Bandeirantes. Fernanda estreou nas novelas da Globo em "Baila Comigo" (1981), de Manoel Carlos. No mesmo ano, trabalhou em "Brilhante", de Gilberto Braga.Um de seus maiores sucessos na televisão foi na primeira versão de "Guerra dos Sexos" (1983). A atriz protagonizou cenas hilariantes e inesquecíveis ao lado de Paulo Autran, como os primos Charlô e Otávio. Pela novela, Fernanda ganhou o prêmio de Melhor Atriz da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Estreou no cinema com "A Falecida", que lhe deu o prêmio de Melhor Atriz na I Semana do Cinema Brasileiro (Festival de Brasília). Com o longa "Central do Brasil" (1999), Fernanda foi a primeira brasileira indicada ao Oscar e também recebeu o Urso de Prata do Festival de Berlim, entre outros prêmios. Em 1999, Fernanda Montenegro foi condecorada pela Presidência da República com a maior a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito, pelo reconhecimento de seus trabalho nas artes cênicas brasileiras. Na época, foi realizada uma exposição no Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro, comemorou os 50 anos de carreira da atriz. Em 2013, depois de três aos afastada das novelas, Fernanda voltou ao ar no remake de "Saramandaia". A última trama que a atriz tinha participado era "Passione", em 2010. Em 2013, deu vida a Dona Cândida Rosado (Candinha) no remake de Saramandaia escrito por Ricardo Linhares. Em 2014, viveu novamente Dona Picucha na série Doce de Mãe. Atualmente a atriz está na novela "Babilônia" de Gilberto Braga, no papel da homossexual Teresa, que mantém um relacionamento com a personagem de Nathália Timberg, Estela. Fernanda Montenegro é Católica."Tenho formação católica. Talvez a minha opinião esteja aí nessa primeira formação que os meus antepassados me deram. Mas, claro, durante a vida você vai reavaliando a sua religião e vendo com o que concorda e qual é a medida do pecado e do não pecado. Na infância primeira você vai naquele misticismo todo, acredita em um Deus com barba branca, sentado com um camisolão. Depois você muda. Mas alguns pontos são fantásticos. “Não matarás.” “Amar ao outro como a si mesmo.” Isso é maravilhoso, é lindo. Você pode se amar, desde que você ame ao outro na mesma medida."
GUILHERME WINTER
É um ator brasileiro. Estreou na TV em 2006, na novela "Cobras & Lagartos", interpretando o motociclista Flu. Em seguida, entrou para a temporada 2008 de "Malhação", na pele do professor de química Thiago Junqueira. Em 2009, passou a integrar o elenco da novela "Paraíso", vivendo Otávio, um jornalista idealista que largava a vida no Rio de Janeiro para tentar a sorte na fictícia cidade que dava nome à trama.Com o bom desempenho apresentado nos trabalhos anteriores, foi convidado para seu papel de maior destaque na TV Globo: Renato Villa, em "Ti-Ti-Ti" (2010). O personagem disputava o amor da protagonista Marcela (Ísis Valverde ) com Edgar (Caio Castro). Em 2011, integrou o elenco da oitava edição do quadro "Dança dos Famosos", que teve Miguel Roncato como vencedor. No ano seguinte, fez uma participação em "Cheias de Charme" e, logo depois, assinou contrato com a Rede Record, onde estreou na minissérie "José do Egito" (2013), como o personagem Rúben. Na emissora, ele também participou de "Pecado Mortal", novela de Carlos Lombardi, interpretando o criminoso Veludo. Em 2015, assume seu maior desafio na carreira: viver o protagonista da novela "Os Dez Mandamentos", dando vida ao personagem bíblico Moisés. Na vida pessoal, o ator nunca se envolveu publicamente com colegas do meio artístico. Guilherme Winter Não Tem Religião "Sou um homem de muita fé, mas não diria que sou religioso. Acredito em Deus."


SÉRGIO MARONE
É um ator e dublador brasileiro. Estreou na TV em 2001, na novela Estrela-Guia, protagonizada por Sandy. Seu personagem, o paranormal Santiago protegia a personagem Cristal das armações do vilão Carlos Charles (Rodrigo Santoro). No mesmo ano, o ator foi parar no horário nobre, dando vida ao jovem Cecéu, que se envolvia com Mel (Débora Falabella), uma jovem dependente química.Não demorou muito para ganhar seu primeiro protagonista: Victor, na temporada 2003 de Malhação. O adolescente era disputado pelas primas Luisa (Manuela do Monte) e Carla (Natallia Rodrigues). Com o fim de sua participação na novelinha teen, Sergio Marone percorreu o Brasil com a peça "O Santo Parto" e causou polêmica na época porque beijava Roberto Bomtempo em uma das cenas. Na TV, também passou por novelas como "Como uma Onda" (2005), "Cobras & Lagartos" (2006), "Paraíso Tropical" (2007), "Caras & Bocas" (2009) e "Morde & Assopra" (2011). Em 2012 e 2013, apresentou o concurso "Miss Brasil", transmitido pela Band. Em 2014, fez uma participação no seriado "Sexo e as Negas", na Globo, mas deixou a atração ao assinar contrato com a Record para viver o vilão Ramsés, na novela "Os Dez Mandamentos".Em seu currículo amoroso estão nomes como: 
Débora Bloch, Alinne Moraes, Maitê Proença e Danielle Winits. Sérgio Marone é Católico."Apesar de católico não pratico. Sou livre de religião e tenho a liberdade como religião."
JOÃO NETTO
É um humorista brasileiro. É mais conhecido pela alcunha de Zé Modesto e João Besouro. Começou sua carreira em1980, no Recife estreando na comédia 'Nós Precisamos Suar!' que lhe rendeu o prêmio de melhor ator naquele ano em Pernambuco. Estudou Mímica com Denise Stoklos em São Paulo nos anos de 1982 – 1983. 1984 – Foi para Koln – na Alemanha fazer espetáculos na rua e estudar Pantomina. Zé Modesto, personagem criado em 1992 pelo ator e mímico João Neto, no mesmo ano foi protagonista do programa “Fumando Numa Quenga” na TV Jangadeiro-Fortaleza-Ce. Em 1993 criou o Talk-Show “Zé Modesto 10-1/2. “ uma sátira ao antigo programa do JÔ 11 e meia”. Por causa disso foi convidado a dar uma entrevista no Programa do Jô, o que o levou a ser convidado pelo Chico Anysio para fazer parte do elenco da “Escolinha do Professor Raimundo” ,TV Globo no ano de 1994. Dois anos depois, com o fim da Escolinha, trabalhou também com o Chico Anysio no seu novo programa “Chico Total” TV Globo, em 1996. Finalmente voltou para Fortaleza em 1998 e a partir daí começou a participar de vários programas na TV brasileira. João Netto é Evangélico. 
Comentando o sucesso que alcançou em programas de televisão seculares, mesmo após ter se convertido ao evangelho, João afirmou que não sente que isto o torna alguém especificamente privilegiado por Deus."Eu não me sinto especial. Sinto que eu entreguei o controle da minha vida nas mãos de Deus. Ele pode fazer isto com qualquer pessoa, mas enquanto você não tomar a decisão de abrir o coração para o Espírito Santo trabalhar, você vai viver só no mundo normal", disse.

NATHÁLIA TIMBERG
É uma atriz brasileira, filha de pai polonês e mãe belga. Formada pela Escola de Belas Artes, destacou-se no teatro universitário, ganhando bolsa de estudos do governo da França, onde viveu entre os anos de 1951 a 1954 participando de vários cursos. Atuou em montagens teatrais desde o início da carreira, como em "Letti e Lotte" e "Conduzindo Miss Dayse", ambas com direção de Bibi Ferreira. Também estrelou as peças "A Importância de Ser Fiel", "Melanie Klein" e "Off". Estreou na TV em 1956, no Grande Teatro Tupi, onde permaneceu por sete anos. Em novelas, conquistou o país como a irmã Maria Helena, da primeira versão de "O Direito de Nascer", de 1964, na Tupi. Foi o seu primeiro grande papel na emissora. Também interpretou vilãs marcantes. Atuou em uma novela na TV Record, em "O Desconhecido", e na TV Paulista integrou o elenco de "A Rainha Louca". Foi para a TV Excelsior e se destacou nas novelas "A Muralha", "O Terceiro Pecado", "Vidas em Conflito", "Dez Vidas" e "Sangue do Meu Sangue". No cinema, estrelou filmes como "Viagem Aos Seios de Duília", "Fruto Proibido", "O Rato", "Dedé Mamata", "Contos de Lígia e Lígia" e "Condenado à Liberdade". Fez ainda "Society em baby-doll" e "O Homem que Comprou o Mundo". Na década de 70, intercalou atuações na TV Record e na TV Tupi como em "Divinas e Maravilhosas", "Cara a Cara", e, na Rede Globo. Também participou de novelas na TV Cultura e na TV Manchete, como em "Pantanal", um grande sucesso na época. Em seguida, foi para a TV Globo e emendou vários trabalhos, entre eles "O Dono do Mundo", "Mulheres de Areia", "Zazá", "Porto dos Milagres", "Quinto dos Infernos", "Celebridade", "Páginas da Vida" e "Amor à Vida", novela de Walcyr Carrasco de grande destaque e que exibiu o primeiro beijo gay entre homens na TV. Em 2014, foi convidada por Gilberto Braga e Ricardo Linhares para viver um casal gay com Fernanda Montenegro na novela "Babilônia". A trama mostra a relação de duas mulheres que já vivem juntas há muitos anos e que são beneficiadas pela lei que permite a união oficial de casais homoafetivos. Na vida pessoal, Nathalia é viúva do escritor e compositor Sylvan Paezzo, com quem se casou nos anos 70. Eles ficaram juntos por 15 anos e optaram por não ter filhos. Nathália Timberg é Atéia. Apesar de sua família ter origem judaica, a atriz disse não acreditar em Deus. "Minha ficção está no teatro. O ser humano ainda não saiu do sistema de Ptolomeu. Mas, para mim, Galileu já existiu, a Terra é redonda! Então, nós vamos querer buscar ídolos? Em toda a minha vida o que me afastou de qualquer prática religiosa foi o sentido de barganha".
EDUARDO COSTA
É um cantor e compositor brasileiro de música sertaneja. De origem humilde o cantor precisou trabalhar desde cedo com seu pai na roça. Tal trabalho fez com que Eduardo valoriza-se as pequenas coisas da vida e despertou ainda mais o seu amor pela vida no campo.Em 1994, no interior de Minas Gerais o cantor com seu amigo, Juninho, fundaram a banda Juventude que acabou por proporcionar seu primeiro show. Seguindo o estilo sertanejo no ano de 1997 formou uma dupla com o cantor Cristiano. Apesar de muitas dificuldades que enfrentou nesta época é eternamente grato pela força que recebeu de todos seus amigos. Eduardo Costa declara que é o único artista que veio do povo para a mídia, enquanto todos os outros foram da mídia para o povo. Além de cantor, Eduardo Costa é compositor e se auto declara um multi-instrumentista. Toca viola, se exibindo fazendo malabarismos com o instrumento, tocando-o entre as pernas. Suas maiores inspirações são Barrerito do Trio Parada Dura - do qual é fã - e também os artistas Gino e Geno, Chitãozinho e Xororó, Teodoro e Sampaio, Irmãs Freitas, Milionário e José Rico, Tião Carreiro e Pardinho, Liu e Léu, André e Andrade, e da dupla Zezé di Camargo e Luciano. Com a carreira em ascensão, o artista lançou seu primeiro DVD/CD pela Universal Music gravado em novembro de 2006 em Belo Horizonte/MG. A música de trabalho "Me Apaixonei" foi sucesso em todo Brasil. O álbum vendeu mais de 500 mil cópias. No dia 2 outubro de 2010 Eduardo Costa gravou seu segundo DVD "De Pele, Alma e Coração - Ao Vivo " no Credicard Hall em São Paulo. O trabalho foi lançado em 24 de fevereiro de 20114 5 pela gravadora Sony Music. O DVD contou com as participações de Belo, Paula Fernandes e a dupla Alex & Konrado. A música "Quem É" foi um dos singles mais tocados no primeiro semestre de 2011.Eduardo Costa diz ser Evangélico. "Sou evangélico praticante. Não canto musicas evangélicas, mas prego para muita gente com o testemunho da minha vida." Afirmou o cantor sertanejo no programa Raul Gil no SBT


Fonte: Variedades Gospel Veras
Com informações:Wikipédia\Pure People\Revista Tpm\M de Mulher\Revista Mensch\Kd Frases\Paraíba.com\Portal Guiame\Revista Quem\SBT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS RECENTES